Breaking

Mulher dá tapa na cara de funcionário de concessionária que cortou fornecimento de água para a sua casa

 



Um funcionário da Empresa Águas do Amazonas foi agredido com um violento tapa no rosto na tarde desta quinta-feira. A agressão física foi praticada por uma mulher, após ser cortado o fornecimento de água para sua casa por falta de pagamento. 

O vídeo que mostra o momento da agressão foi compartilhado nas redes sociais e em grupos de WhatsApp. As imagens mostram o momento em que a mulher sai de dentro da casa e aplica o tapa no rosto de um membro da equipe de corte. 

O tapa na cara pegou o funcionário da concessionária de surpresa, que ele quase caiu para trás depois da agressão. 

Como no Brasil só existe a Lei Maria da Penha, para defesa das mulheres, mas não existe a Lei João da Penha, o ato agressivo deve ficar por isso mesmo.  A mulher grita que o valor da sua conta está alto e que é um absurdo quererem interromper o fornecimento de água. 


O funcionário da concessionária é agredido quando confirma que o fornecimento de água já estava interrompido. Outro membro da equipe evita que o colega revide a agressão e um terceiro grava o momento da agressão física.  


O vídeo encerra com a mulher braba dizendo: "a água é minha, não é de vocês não. Olha aqui pro cu de vocês". A mulher ainda faz gestos obscenos, inclusive dá “cotoco” para os membros da equipe de corte e entra para sua casa.

O vídeo encerra quando os funcionários da concessionária dizem que a agressão foi filmada e que vão chamar a polícia. Não há nenhuma informação se a polícia realmente foi chamada e do bairro onde a agressão foi praticada pela mulher.