Breaking

Vereador Gabriel Monteiro tem vídeos íntimos vazados com novinha

 



Após ser acusado de Estupro e importunação sexual por ex funcionários e assessores, o vereador Gabriel Monteiro teve um vídeo íntimo vazado. 


 


O próprio vereador disse em entrevistas que tinha em posse os vídeos que acabou vazando, porém, ainda não se sabe como as imagens foram parar na internet.


 


Tanto Monteiro quanto a jovem alegam que a relação e a gravação do vídeo foram autorizadas pelas duas partes. Gabriel afirma ainda que a jovem teria dito a ele que era maior de idade.


Gabriel Monteiro afirma que dois ex-assessores teriam sido responsáveis pelo vazamento. Os dois ex-servidores do gabinete do vereador devem ser chamados para prestar depoimento.


 


Nos últimos dias, ao menos seis vídeos de Gabriel em atos sexuais já foram vazados. O deputado estadual Giovani Ratinho (Pros) disse ao G1 que registrou queixa na Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (DCAV), no centro da cidade, e que entregou seis vídeos à polícia.


 


“Trouxe vídeos que recebi anonimamente no meu gabinete avançado em São João de Meriti. Aparentemente, parecem ser menores de idade”, disse o deputado. Segundo ele, em pelo menos três, as mulheres demonstram que não queriam ser filmadas.


 


Denúncias


 


Gabriel Monteiro é investigado pela Polícia Civil e pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) sobre denúncias de assédio moral e sexual, e de exploração e constrangimento infantil. Ex-policial militar e youtuber, o vereador foi acusado por ex-funcionários, em denúncia divulgada no programa Fantástico, da TV Globo, no último domingo (27).


 


Pelo menos cinco ex-funcionários apontaram, na reportagem do Fantástico, que o vereador pedia “carinhos”, inclusive nas partes íntimas; alisava uma de suas funcionárias; e proporcionava momentos desconfortáveis.


 


Além disso, também afirmaram manipulações envolvendo uma criança, nos vídeos publicados por Monteiro nas redes sociais.